Potássio: nutriente essencial para a pressão arterial

Não faltam evidências indicando que, na luta contra a hipertensão, o potássio deveria ocupar papel de protagonista. Exemplo disso vem de uma revisão de 22 estudos publicada no respeitado British Medical Journal. Na análise, que incluiu 1 606 participantes ao todo, o aumento de aproximadamente 2 gramas na ingestão de potássio fez a pressão sistólica dos hipertensos cair 3,49 mmHg e a diastólica, 1,96 mmHg - é como se alguém com uma pressão na casa dos 14 por 9 conseguisse baixá-la para os 13 por 8.

O impacto dessa mudança é surpreendente. Pela revisão, a probabilidade de sofrer um acidente vascular cerebral despencou 24% entre quem investiu em fontes de potássio. "Estimamos que a pressão alta responda por 62% dos casos de derrame e de 49% dos infartos", justifica Nancy Aburto, autora da investigação e consultora da Organização das Nações Unidas. E, mesmo entre quem foi vítima de um derrame, o potássio traz vantagens. Em um artigo da Universidade Purdue, nos Estados Unidos, ficou registrado que apenas 390 miligramas a mais do mineral ao dia - algo suprido por um mamão grande, por exemplo - reduz em 40% a mortalidade decorrente do ataque.

Como isso acontece

Existem vários mecanismos capazes de explicar por que o nutriente mais conhecido da banana faz bonito frente à hipertensão. Um deles tem a ver com uma estrutura presente nas células, a bomba sódio-potássio. Quando há potássio em quantidades apropriadas, mais sódio é mandado embora através desse sistema e, depois, pela urina. Tirar o excesso dessa substância de circulação é importante também porque ela atrapalha o controle da liberação de adrenalina e noradrenalina pelo sistema nervoso central. "Se isso não acontece direito, esses hormônios chegam até os vasos, permitindo uma maior entrada de cálcio nas células musculares. A consequência é o estreitamento das artérias", descreve o nefrologista Osvaldo Kohlmann, professor da Universidade Federal de São Paul. Com isso, a pressão vai às alturas.

Matéria Original